Arquitetura Paisagista no Programa de Modernização das Escolas Secundárias em Portugal

Reflexão sobre tipologias e usos no recinto escolar

Book Cover: Arquitetura Paisagista no Programa de Modernização das Escolas Secundárias em Portugal
Editions:PDF
Size: 210.00x297.00 mm
Pages: 129

Dissertação de Mestrado em Arquitetura Paisagista por Ana Miguel de Pinho Sousa. Orientador: João Luís Garcia de Oliveira Bicho, Coorientador: Domingos Manuel Mendes Lopes. Vila Real Dezembro de 2011. Edição impressa e em Cd-Rom.

Resumo: O Programa de Modernização e Reabilitação das Escolas Secundárias, iniciado pelo Governo Português no ano de 2007, criou uma importante oportunidade de melhoria das condições dos espaços escolares, numa área onde a Arquitetura Paisagista deve desempenhar um papel de charneira. De acordo com a leitura que vários autores fazem dos recreios escolares nacionais, pode-se constatar a urgente necessidade de reformulação do espaço de recreio em escolas secundárias, visando a melhoria clara da qualidade ambiental e garantindo a segurança dos seus utentes, especialmente crianças e adolescentes estudantes. Sendo um espaço que influencia das mais variadas formas, desde a educação objetiva, nas salas de aula, ao recreio informal, nos intervalos, a escola deve-se tornar numa boa memória dos tempos da adolescência. Com este estudo espera-se contribuir para realçar a importância da Arquitetura Paisagista no desenho e organização do recinto exterior escolar, refletindo-se numa vivência escolar e social dos alunos enriquecida. O objeto de estudo desta investigação é constituído por vinte escolas intervencionadas pelo Programa de Modernização das Escolas Secundárias, levado a cabo pela entidade governamental Parque Escolar, E.P.E., em Portugal. Após a medição das áreas de recreio exterior de cada escola, procedeu-se à confrontação dos dados das escolas renovadas com as escolas antigas, posteriormente comparou-se as variáveis estudadas, com variáveis equivalentes propostas para o espaço exterior de escolas em Inglaterra, uma vez que apresentam uma realidade semelhante à de Portugal relativamente às tipologias de uso do espaço exterior. Os resultados obtidos indicam pistas para uma melhor perceção desta nova realidade e deixam em aberto linhas de investigação que importa colmatar.

Published: 2011/12/01
Publisher: UTAD
Tags:

Abstract: The Program of Modernization and Rehabilitation for Secondary Schools, initiated by the Portuguese Government in 2007, created an important opportunity to improve the conditions of school spaces in an area where Landscape Architecture should play a pivotal role. According to several authors’ interpretations of national school grounds, there is an urgent need to recast the playground in secondary schools, so as to improve the environmental quality and to ensure the security of their users, especially children and adolescent students. Being a space which influences in a variety of ways, from objective education in the classroom to informal recreation during breaks, the school must become a good memory of the times of adolescence. With this study we expect to contribute to highlight the importance of Landscape Architecture in the design and organization of the school grounds, which is reflected in the enrichment of the school and social experiences of the students. The object of this research study consisted of twenty schools intervened by the Program of Modernization for Secondary Schools, conducted by the governmental entity Parque Escolar, E.P.E, in Portugal. After the measurement of the outdoor play areas of each school, we proceeded to compare the data of the renovated schools with the one of the old schools. Then these variables were compared with proposals of equivalent variables for the space outside of schools in England, since they have a similar reality to Portugal regarding the use of outer space. The results indicate clues to a better understanding of this new reality and leave open lines of research which are worth dealing.