Pioneiros/Pioneers: Professor Robert Manners Moura

robert pioneiros.

O Professor Doutor Robert Manners Moura é Arquiteto Paisagista e um dos principais pioneiros fundadores da formação em Arquitetura Paisagista da UTAD. Nasceu em 1942, em Moçambique, filho de pai Português e de mãe Sul-Africana, de ascendência Anglo-Germânica. Cresceu no Alto Douro e, no Instituto Superior de Agronomia, frequentou Engenharia Agronómica, tendo derivado depois para a Arquitectura Paisagista, onde se licenciou em 1974.

Professor Doctor Robert Manners Moura is a Landscape Architect and one of the founding lead pioneers of the education in Landscape Architecture at UTAD. He was born in 1942 in Mozambique and grew up in the Douro Wine Region. He has started his higher education from the Agronomic Engineering field and then to the Landscape Architecture diploma of the Technical University of Lisbon, graduating in 1974.

Começou a sua carreira profissional como tarefeiro na Câmara Municipal de Lisboa, na então Repartição de Arborização e Jardinagem, onde geriu e projectou parques e jardins, também colaborando no «atelier» do Eng. Agrónomo e Arq. Paisagista Sousa da Câmara.Com a revolução de 25 de Abril de 1974, o ambiente de trabalho na Câmara Municipal de Lisboa degradou-se e, assim, transferiu-se para o nascente Serviço Nacional de Parques, Reservas e Património Paisagístico (1976).

Coordenou os trabalhos que deram origem ao Parque Natural da Arrábida, Reserva Paisagística de Almada, Parque Natural do Montesinho e Parque Natural do Alvão.

Aqui, depois de coordenar os desenvolvimentos preparatórios para a criação do Parque Natural da Arrábida e da Reserva Paisagística de Almada, foi o primeiro Presidente da Comissão Instaladora de ambas as áreas protegidas (1977/1978). Transferiu-se para o Norte do País (1979), onde lançou os Parques Naturais de Montesinho (1979) e do Alvão (1983) e, pela mesma época, tentou criar, aqui sem sucesso, outras áreas protegidas, como o Alto Douro Vinhateiro e o Douro Internacional.DSCN1458

Com a degradação da política de conservação da natureza, que passou de uma abordagem pluridisciplinar para uma abordagem simplificada, começou a leccionar, primeiro no Instituto Politécnico de Bragança, no curso de Gestão Florestal (1992), depois na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, no curso de Engenharia Ambiental e dos Recursos Naturais (1993) e, posteriormente, na licenciatura de Arquitectura Paisagista (1998).

A seguir ao seu mestrado em Extensão e Desenvolvimento Rural (1997), doutorou-se em Ciências do Ambiente (2000). Jubilou-se em 2008. Presentemente, edita e reedita os seus livros académicos e escreve sobre temáticas ligadas à Arquitectura Paisagista, à Conservação da Natureza e sobre a região do Alto Douro.

You may also like...